Tendinites e Bursites do Quadril

A região do quadril tem várias bursas ou bolsas, que facilitam o deslizamento entre os músculos, tendões e estruturas ósseas. Quando estas bolsas se inflamam chamamos de bursite.
São três as mais freqüentes: trocantérica, isquiática e iliopectínea.

A bursite trocantérica é de longe a mais frequente. Caracterizada por dor lateral no quadril, irradiada pela face lateral da coxa podendo estender-se até o joelho.

Esta patologia é muito comum em mulheres de meia idade por fatores anatômicos e hormonais. Pode estar associada também a alterações de humor e a distúrbios como a fibromialgia. O sedentarismo e o tabagismo aumentam a incidência deste tipo de dor.

Esta síndrome está normalmente associada a algum grau de tendinite (inflamação dos tendões) ou tendinose (degeneração dos tendões). Em alguns casos pode haver rupturas tendinosas que podem requerer correção.

bursite

O diagnóstico na maioria das vezes é simples, realizado por história e exame físico. Normalmente se realiza uma radiografia, ultrassom e em alguns casos refratários a ressonância magnética.

O tratamento consiste em terapia analgésica e anti-inflamatória, aplicação de compressas de gelo, com medicação tópica, fisioterapia, infiltração de corticóide, adequação de atividade física, perda de peso dentre outras medidas, Em casos refratários pode-se realizar a terapia de ondas de choque ou até mesmo procedimentos cirúrgicos quando não houver resposta ao tratamento convencional.

Últimas Notícias